Divulgação das atividades da Biblioteca da Escola Básica Dr. Afonso Rodrigues Pereira (do Agrupamento de Escolas da Lourinhã).

1 comentários

terça-feira, 31 de março de 2009

Pilhas de Livros 2009

O Modelo lança mais uma edição do programa Pilhas de Livros, contribuindo para fomentar os hábitos de leitura dos mais novos e sensibilizando todos para a necessidade de reciclar.

O Modelo promove, de 26 de Março a 29 de Maio de 2009, o programa “Pilhas de Livros” que tem como finalidade oferecer livros às escolas que mais pilhas usadas recolherem para reciclagem.

As escolas que se inscrevem no programa, recebem pilhões para depósito das pilhas usadas que, depois de cheios, devem ser entregues no hipermercado Modelo da sua área de influência. As escolas das áreas de influência dos hipermercados Modelo que mais pilhões conseguirem juntar serão premiadas com um conjunto de livros recomendados pelo Plano Nacional de Leitura, no valor de 1.000€. O Programa conta com o apoio do Plano Nacional de Leitura.

Pilha de Livros Modelo

Regulamento

Ficha de Inscrição
1 comentários

Semanas da Leitura (IV)

Concursos
Leitura, Poesia Visual (exposição dos trabalhos) e Contadores de Histórias



Ateliers/Oficinas
História do Circo, Pinceladas de Cor, Escrita Criativa, Reciclagem e Marcadores, Poesia Pronta a Usar e Bonecas com Histórias

0
comentários

Torre Eiffel - 120 anos


A 31 de Março de 1889, a Torre Eiffel foi inaugurada, em Paris, pelo seu arquitecto Gustave Eiffel . O monumento foi construído para honrar o centenário da Revolução Francesa, na Exposição Universal de Paris de 1889 . A "Tour Eiffel" tornou-se um ícone mundial da França e uma das mais conhecidas estruturas do mundo. Tem 317 metros de altura e os últimos vinte metros desta magnífica torre correspondem à antena de rádio que foi adicionada posteriormente.


Comemorações dos 120 anos

Para seu aniversário, a estrutura recebeu uma nova camada de pintura cor bronze, a 19ª desde sua inauguração. E este ano, foi redesenhada a plataforma panorâmica do último andar e conferir uma nova silhueta à torre, o projecto expandirá a área acessível ao público de 280 para 580 metros quadrados numa estrutura em kevlar, com projecto do arquitecto francês David Serero.



Para saberes mais clica em :

Torre Eiffel - Página oficial (em francês e em inglês)
Wikipédia
Tour Eiffel
0
comentários

segunda-feira, 30 de março de 2009

2º Encontro "Partilhar Ideias" - A Biblioteca Escolar e as Aprendizagens


A segunda edição do encontro Partilhar Ideias, decorrerá sob a temática "A biblioteca escolar e as aprendizagens" e procurará ser, prioritariamente, um fórum privilegiado para a discussão e reflexão em torno das experiências do trabalho em rede.

Este encontro decorrerá em Viseu no Auditório da Escola Superior Tecnológica, Campus Polititécnico de Repeses, a 21 de Abril.


0
comentários

Workshop de Escrita Criativa (Poesia)

No próximo sábado, 4 de Abril, vai realizar-se um Workshop de Escrita Criativa (Poesia) na Livraria Arquivo, em Leiria, das 10h30 às 13h e das 14h30 às 18h30.
O workshop vai ser dinamizado por Ana Luísa Amaral.

Quem é Ana Luísa Amaral?
Ana Luísa Amaral ensina Literatura Inglesa, Literatura Comparada e Estudos Feministas na Faculdade de Letras do Porto, onde se doutorou em Literatura Norte-Americana com uma tese sobre Emily Dickinson. É autora de dez livros de poesia e dois livros infantis. Está representada em inúmeras antologias portuguesas e estrangeiras, onde se encontra traduzida para várias línguas. Editada no Brasil, a sua poesia será brevemente editada também em Itália e na Suécia. Em 2007, venceu o Prémio Literário Casino da Póvoa/Correntes d'Escritas, com o livro A Génese do Amor e, no mesmo ano, foi galardoada em Itália com o Prémio de Poesia Giuseppe Acerbi. Em 2008, com o livro Entre Dois Rios e Outras Noites, obteve o Grande Prémio de Poesia da APE (Associação Portuguesa de Escritores).

Este workshop destina-se a todos os interessados na escrita de poesia, nos seus contextos de produção e nos seus processos.

Objectivos: sensibilizar os participantes para os diversos tipos de escrita literária, para a reflexão sobre as práticas de escrita e para as potencialidades da linguagem, na sua vertente experimental (a exploração dos efeitos de musicalidade, por exemplo) ou de exercitadora de cidadania. Uma reflexão e prática que se deseja poder contribuir para, nesse enriquecimento da reflexão sobre a linguagem criativa, o enriquecimento do mundo.

Inscrições até ao dia 31 de Março, limitadas a 15 participantes.

Ficha de Inscrição:

Workshop Escrita Criativa (Poesia)
por Ana Luísa Amaral
4 de Abril (sábado)
10h30 às 13h - 14h30 às 18h30
Preço: 75,00€

Se está interessado em participar, por favor preencha os dados abaixo.
As inscrições poderão ser feitas ao balcão da Livraria Arquivo, por telefone e por e-mail, só sendo consideradas válidas após oficialização do pagamento, que pode ser efectuado também através de transferência bancária, para NIB Livraria Arquivo: 0035 2044 00043076930 03 .

Nome:
Formação Académica:
Profissão:
Morada de Contacto:
Código Postal:
Tel./ Telemóvel*:
Principais interesses:
E-mail*:
Data:

*preenchimento obrigatório.A realização do curso será condicionada a um número mínimo de 12 participantes. Caso não se atinja o numero mínimo desejado o valor da inscrição será devolvido na totalidade.

Livraria Arquivo:
Av. Combatentes da Grande Guerra, 53,
2400-123 Leiria
t.244822225
email: agenda@arquivolivraria.pt
site: http://www.arquivolivraria.pt/
2
comentários

Semanas da Leitura (III)

Nos próximos dias vamos partilhar alguns dos momentos mais marcantes da 1ª parte das nossas "Semanas da Leitura 2009"... Espero que gostem.

Feira do Livro



Exposição do 1º ciclo e Pré-escolar




Exposição dos 2º e 3º ciclos


0
comentários

domingo, 29 de março de 2009

Já adiantaste o teu relógio?


Durante esta madrugada chegou o horário de verão, com os relógios a ter que avançar uma hora em todo o país.
De acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa, em Portugal continental e na Região Autónoma da Madeira os relógios deveriam ser adiantados 60 minutos à 01h00, passando para as 02h00. Na Região Autónoma dos Açores, a mudança ocorreu uma hora mais cedo, onde às 00h00 de dia 29 os relógios deveriam avançar uma hora.
A mudança da hora dá-se em todos os países da União Europeia e prende-se com a necessidade de não haver desfasamento solar, aproveitando-se o melhor possível a luz nas diversas actividades.

in SAPO

Para saberes mais:



Conheces este coelho? E o livro Alice no País das Maravilhas ?



Aqui fica um excerto da história...

“Alice estava a começar a ficar farta de estar sentada ao lado da irmã na margem do rio e não ter nada que fazer: já tinha dado uma olhadela, uma vez por outra, ao livro que a irmã estava a ler, mas este não tinha ilustrações nem diálogos. «E para que serve um livro», pensou ela, «se não tem bonecos nem diálogos?»
Por isso ela estava a tentar decidir, da melhor forma que podia (pois o calor fazia-a sentir-se muito ensonada e estúpida), se o prazer de fazer uma coroa de margaridas valia a maçada de se levantar e de ir apanhá-las, quando, repente, um Coelho Branco com olhos cor-de-rosa apareceu a correr ao lado dela.
Não havia nada de muito extraordinário nisso; nem sequer Alice pensou que fosse assim tão estranho ouvir o Coelho dizer para consigo: «Meu Deus, meu Deus! Vou chegar atrasadíssimo!» (só mais tarde ao pensar nisso, é que se lembrou de que devia ter estranhado o que vira, pois, na altura, tudo lhe pareceu muito natural); mas, quando o Coelho tirou mesmo o relógio da algibeira do colete, viu as horas e continuou o seu caminho todo apressado, então é que Alice se pôs de pé num salto, pois de repente passou-lhe pela cabeça a ideia de que nunca tinha visto um coelho de colete, com um relógio de algibeira. A arder de curiosidade, pôs-se a correr pelo campo fora atrás dele e, felizmente, foi mesmo a tempo de o ver esgueirar-se para dentro de uma grande toca que havia debaixo dos arbustos.”

Lewis Carroll
1 comentários

sábado, 28 de março de 2009

A Biblioteca

0
comentários

Concurso Nacional de Leitura - 2ª fase

A 2ª fase do Concurso Nacional de Leitura 2008/2009, decorreu hoje na Biblioteca de
S. Domingos de Rana, em Cascais. Estivemos presentes com os alunos:

Ana Filipa Algarvio, 7º ano, turma A;
Rita Meneses Leitão, 8º ano, turma A;
Marta Silva, 9º ano, turma B.

Parabéns!!!

A entrega dos Prémios do Concurso Nacional de Leitura dos alunos apurados
na 2ª fase, terá lugar no dia 18 de Abril de 2009 no mesmo local.

Nesta fase serão apurados dois vencedores em cada uma das categorias – 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário – que estarão presentes na 3ª e última fase do Concurso Nacional de Leitura, que consistirá na Final Nacional, a efectuar durante o mês de Maio de 2009 em colaboração com a RTP. Nessa prova participarão os dois melhores concorrentes de cada distrito, em cada categoria (3º Ciclo e Secundário).
0
comentários

sexta-feira, 27 de março de 2009

Dia Mundial do Teatro 2009

Hoje celebra-se o Dia Mundial do Teatro.

Esta efeméride foi instituída em 1961 pelo Instituto Internacional do Teatro (ITI) da UNESCO.

Augusto Boal escreveu a Mensagem do Dia Mundial do Teatro 2009. Leiam aqui.

Para mais informações sobre Teatro, visite:

A Origem e Evolução do Teatro

Wikipédia

Nos bastidores do teatro grego
0
comentários

quinta-feira, 26 de março de 2009

Semanas da Leitura (II)

Marionetas (1º e 3º ciclo)



Concurso "Contadores de Histórias" (2º ciclo)



Atelier de Reciclagem de Papel e Criação de Marcadores


Marcadores realizados pelos alunos do 6ºA e C sobre os contos:
"O Monstro " e "O Reino dos Mandriões" (Seis Histórias às Avessas de Luísa Ducla Soares)



Atelier de Expressões Plásticas

0
comentários

quarta-feira, 25 de março de 2009

Semanas da Leitura (I)

Alguns dos momentos divertidos que estamos a passar...

"A Borboleta Violeta"


"Poesia pronta a usar"



"Bonecas com Histórias"

Feira do Livro

0
comentários

terça-feira, 24 de março de 2009

Dia Nacional do Estudante

Hoje comemora-se o Dia Nacional do Estudante.

Como surgiu este dia?

"A Crise Académica de 1962

Hoje não são muitos os que recordam as razões que identificam o dia 24 de Março com os estudantes. Para as compreendermos temos que recuar à crise académica de 1962 e às causas das lutas estudantis desde o início do século.

Em 1921 os estudantes da Universidade de Coimbra estavam em luta por melhores instalações. O espaço destinado à academia era muito reduzido, sobretudo quando comparado com as generosas acomodações dos professores. Estes tinham no Clube dos Lentes um símbolo do seu poder e da tradição universitária, pelo que os estudantes lhe chamavam "Bastilha".

Demonstrando um espírito de união e solidariedade sem precedentes, os estudantes ocuparam o Clube dos Lentes no dia 25 de Novembro desse ano, marcando o seu protesto. Esse dia passou a ser conhecido como a "Tomada da Bastilha" e os seus aniversários comemorados como Dia do Estudante.

Foi assim até 1961. Nesse ano, como era hábito, as comemorações do 25 de Novembro reuniram em Coimbra estudantes de todo o País. Mais de duzentos participaram num jantar, durante o qual a frase "Queremos paz!" ecoou em protesto contra a Guerra Colonial, inspirando um animado cortejo pela cidade. A polícia apareceu e vários estudantes foram presos, o que suscitou uma vaga de apoio e indignação em todo o país. A tensão era visível nas academias do Porto e de Lisboa e marcou a inauguração da nova Reitoria na Cidade Universitária.

Foi neste clima que, já em 1962, se realizaram vários encontros de dirigentes associativos que deram origem a um Secretariado Nacional de Estudantes Portugueses e à realização, em Coimbra, do primeiro Encontro Nacional de Estudantes, ignorando a proibição que o Governo tinha decretado. Essa rebeldia foi paga pelos membros da direcção da Associação Académica, com a instauração de processos disciplinares e a correspondente suspensão. Os estudantes de Coimbra responderam com o luto académico e a greve às aulas.

Em Lisboa, as associações de estudantes pretendiam comemorar o Dia do Estudante no final de Março. E, mesmo sem autorização do Ministério da Educação Nacional, as comemorações iniciaram-se a 24 de Março de 1962. O regime respondeu com a sua brutalidade habitual. A cantina foi encerrada e a Cidade Universitária invadida pela polícia de choque, ignorando a autonomia universitária. Estudantes foram espancados e presos, desencadeando uma reacção de repúdio que levou a que fosse decretado o luto académico e a greve às aulas.

Marcelo Caetano era Reitor da Universidade de Lisboa e mediou uma solução negociada para o problema. Os estudantes voltavam às aulas, mas realizar-se-ia um segundo Dia do Estudante nos dias 7 e 8 de Abril. Assim fizeram os estudantes mas, chegada essa data, o Ministério voltou a proibir as comemorações. O Reitor sentiu-se desautorizado e demitiu-se. O luto académico foi reposto e os estudantes desceram do Campo Grande ao Ministério (então no Campo Mártires da Pátria) ao som do grito "Autonomia!".

A agitação continuou até ao fim desse ano lectivo, continuando a greve às aulas e repetindo-se confrontos entre estudantes e polícia em Lisboa, Porto e Coimbra. Em resposta, o Governo, demonstrando a sua habitual inflexibilidade, aprovou um decreto-lei que permitia ao Ministro da Educação proceder disciplinarmente contra os estudantes. Aplicando esses novos poderes, os dirigentes associativos foram suspensos e inúmeros estudantes presos.

Face a estes novos desenvolvimentos os estudantes dificilmente poderiam continuar a sua luta nos moldes que estavam a utilizar. Ainda assim, reuniram-se no Instituto Superior Técnico no dia 14 de Junho, onde aprovaram um resolução que enquadrava a sua luta pela autonomia universitária e a passou a orientar também para a autonomia associativa. Passou assim a estar em causa o Decreto-Lei n.º 40900, aprovado pelo Governo em 1956.

Este diploma só permitia a tomada de posse dos dirigentes associativos depois de autorização do Ministério, previa a participação de um "delegado permanente do director da escola" em todas as reuniões associativas e dava ao Ministro o poder de substituir as direcções eleitas por "comissões administrativas" nomeadas por ele, suspender o seu funcionamento ou mesmo extingui-las.

Olhando a esta distância, parece desenhar-se uma sombra de ironia sobre estes acontecimentos por ter sido a tentativa autoritária do Governo de controlar as associações que ajudou a que os estudantes se unissem e empreendessem uma luta pela preservação das suas associações como um espaço de genuína democracia, embora pequeno numa sociedade fascista e ditatorial.

É também curioso encontrar nestes episódios distantes da luta estudantil várias caras nossas conhecidas. Desde o actual Presidente da República, Jorge Sampaio, que na altura era Secretário-Geral da Reunião Inter Associações ao actual Reitor da Universidade de Évora, Jorge Araújo, que pertencia à direcção da Associação de Estudantes do Instituto Superior Técnico, que então frequentava e do qual foi expulso na sequência da sua participação no Dia do Estudante e nos acontecimentos que se lhe seguiram.

De tudo isto ficou a memória e a data: 24 de Março, escolhida pela Assembleia da República quando em 1987 fixou o Dia do Estudante. E que bom que é poder assistir à manifestação livre das reivindicações dos estudantes, quer se concorde ou não com todas elas, num ambiente democrático de respeito pelos seus direitos, liberdades e garantias."


Rui Grilo
(artigo publicado no Jornal da Universidade de Évora n.º 8, Abril de 1999)
0
comentários

segunda-feira, 23 de março de 2009

Português em Dia Blog

clica na imagem


"... um espaço inteiramente dedicado à lingua portuguesa, onde poderá encontrar respostas para as suas dúvidas, estar convenientemente actualizado(a) e usufruir de recursos importantes..."

in Edições ASA
0
comentários

domingo, 22 de março de 2009

e-Fabulations - revista electrónica de literatura infantil

Esta revista electrónica está disponível na Biblioteca Digital da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em formato pdf ou através do endereço Revistas Electrónicas. É uma revista semestral composta por textos críticos nacionais e internacionais sobre literatura para a infância.

Deixo aqui os três nºs já publicados e chamo a vossa atenção para a qualidade de conteúdos, temas abordados e cuidado gráfico. Toca a ler!

clica nas imagens
0
comentários

I Festa do Livro Infantil de Lisboa

A Câmara Municipal de Lisboa (CML), com o apoio do Plano Nacional de Leitura (PNL), da União de Editores Portugueses e da Caminho Divulgação, está a organizar a I Festa do Livro Infantil de Lisboa, que decorrerá de 27 de Março até 5 de Abril, das 10h00 às 20h00, numa tenda na Praça da Figueira.

O objectivo desta festa é a celebração do Dia Internacional do Livro Infantil, que se comemora a 2 de Abril. Neste dia, celebra-se o nascimento do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen.

É uma festa dedicada aos leitores mais novos, com venda de livros, ateliers e sessões de leitura de contos, oficinas e sessões com escritores e ilustradores: Ana Maria Magalhães, uma das autoras da colecção "Uma Aventura"; da ilustradora Danuta Wojciechowska, Prémio Nacional de Ilustração; Carla Maia de Almeida; Alice Vieira; Matilde Rosa Araújo; Inês Pupo, Gonçalo Pratas...
0
comentários

Dia Mundial da Água

"Actualmente, cerca de 900 milhões de pessoas no mundo carecem de acesso a recursos básicos e essenciais de água. Como resultado, milhares de crianças morrem a cada dia de doenças (evitáveis) causadas por água suja. Hoje, dia 22 de Março, é o “World Water Day” (Dia Mundial da Água), um lembrete que nos permite, mais uma vez citar que, "a água permite a sobrevivência do ser humano". Ela promove a boa saúde, permite que as pessoas trabalhem, frequentem a escola e levantem-se de um ciclo de pobreza. É uma pedra angular do desenvolvimento. Água limpa é o primeiro passo de um caminho para sair da pobreza, permitindo que as pessoas de todo o mundo construam uma vida melhor."


in Publicidade para Totós






0
comentários

sábado, 21 de março de 2009

E os nossos leitores disseram...

Click to play this Smilebox greeting: dia mundial da poesia
Create your own greeting - Powered by Smilebox


Juliana disse... Professoras, adorei o blog! Parabéns por essa iniciativa de transmitir conhecimento para todos através da literatura.

Já que hoje é Dia da Poesia, deixo uma poesia da tão querida Cora Coralina:

Saber Viver


Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.


E isso não é coisa de outro mundo
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela

Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura...
Enquanto durar


Abraços!
 

Copyright © 2010 palavras que se derretem na boca... | Premium Blogger Templates & Photography Logos | PSD Design by Amuki